Título do Livro: Querido Papai
Autor: Bradley Trevor Greive
Editora: Sextante
Nº de páginas: 86 pgs.  
Ano: 2005  
Gênero: Autoestima  
Início e término da leitura: 06/01/15 - 06/01/15
Sinopse: Skoob 
Clique aqui para comprar :)


Oi pessoas! Já tinha lido esse livro antes, há muito tempo atrás, então me animei em ler novamente para vir aqui no blog falar sobre ele. E não consegui ler só uma vez, li várias vezes. Eu simplesmente amo esse livro. 
Decidi contar o tempo que levei para ler e foram apenas - pasmem - 8 minutos. Ok, vou explicar porque é uma leitura tão rápida: (a) o livro tem poucas páginas e (b) em cada página há uma imagem com uma pequena frase abaixo, formando uma história escrita para o nosso "Querido papai", mas que até nós, filhos, nos divertimos lendo. Via eu e meu pai em cada frase, uma conseguiu que lágrimas rolassem, já outras me faziam soltar gargalhadas (não recomendo ler perto de outras pessoas, k).

O livro nos mostra toda a importância que os papais tiveram, desde o nascimento até nos tornarmos quem somos hoje (sei que muitos não tem pai, mas considera como um o avô, tio, etc).

"Querido papai" é narrado em primeira pessoa. Senti como se eu tivesse escrito o livro para meu pai, como se aquelas frases fossem de minha autoria. 

"Mas, se tem alguma coisa nesse mundo que me deixa pasmo de admiração, é você, pai. Toda a minha vida eu me espelhei em você." Pág. 5

 É claro que o livro joga na cara algumas verdades...

"E ainda havia os chatíssimos sermões com as suas histórias pessoais - aquelas longas explicações sobre como tudo era mais difícil quando você tinha a minha idade." Pág. 45

Mas elas só servem para demonstrar que amamos nossos pais, do jeito que eles são.

"Mas, por mais desagradáveis que sejam essas lembranças, é claro que eu é que devia me envergonhar. Sou eu que devo pedir desculpas; não você, pai." Pág. 51

O livro é de capa dura, torna ele ainda mais bonito! E as fotos também são belíssimas (ok, cavalo mostrando os dentes não é tão belo assim). Leões, macacos, cachorros, gatos, ursos e diversos outros animais estão presentes no livro. Porém, tem um ponto negativo: as fotos são todas em preto e branco. Imagino que elas ficariam bem mais bonitas se fossem coloridas, mas isso vai do gosto de cada um.

Eu dei esse livro para meu pai no dia 09/08/2009.
Recomendo para dar de presente no dia dos pais, de aniversário, ou em qualquer data, especial ou não, pois tenho certeza que ele vai gostar do livro. 

Nota: 


É assim que vejo meu "Querido papai": um "Pai, amigo e herói". Espero que vocês se identifiquem com essa história tanto quanto eu me identifiquei. 

Outras Capas/ Edições:



Diga o que acharam nos comentários!
Beijos. 


Deixe um comentário

Devido ao meu tempo estar curtíssimo não estou mais retribuindo comentários.
Obrigada se você comentar mesmo assim ♥.